Tag Archives: Arturito

arturito_pudim

Pudim do Arturito: doce mais doce que doce de batata doce

Já cometi milhares de vezes a frase “não gosto de doce muito doce”. Descobri recentemente, no Arturito, que essa categoria tem variações. Há doces – e doces. Não é pra generalizar.

O pudim de laranja (R$ 20) vinha em cima de um bolinho de limão siciliano e era servido com muito doce de leite. Doçura extrema! Nem existia acidez de limão ou laranja. Só os perfumes que enganavam assim o paladar: “tá sentindo esse cheiro aí? come mais uma colherada pra você me entender melhor”. E assim, colherada a colherada, foi-se a sobremesa inteira.

Ajudou também a versão mais ralinha de doce de leite da casa. Bem escuro, com um quê de caramelo queimado, muito brilhante e incrivelmente rico.

O segredo do tal doce de leite está no “Cozinha de Alma para a Mulher Sensível (e para os homens que amam as mulheres sensíveis que cozinham para elas)”. Trata-se de um ensaio de livro de receitas, com texto muito personalista. Veem-se a voz e os trejeitos da chef Paola Carosella em cada linha do texto. Olha que delícia:

“Devo ter feito doce de leite umas três vezes por semana, ao longo de sete anos, todas as semanas, todos os meses, entre 1999 e 2006.

Então, fazendo uma conta rápida, devo ter cozinhado paneladas de doce de leite umas 1.008 vezes. Se cada receita levava mais ou menos 10 litros de leite, eu já fiz então uns 10 mil litros de leite virar doce de leite.

Seguindo com as contas, se uma vaca, mais ou menos alegre e mais ou menos peituda, dá uns 40 litros de leite por dia, foram necessários 252 dias de vacas alegres e peitudas para produzir leite suficiente para fazer grande parte do doce de leite que já fiz na minha vida.

Haja tetas.”

Para quem gosta da comida de lá, é download obrigatório.